Você está preparado para o futuro do trabalho? Reinventar-se, capacitar-se continuamente e aprender – além de sua área de atuação – sobre gestão de pessoas, inovação e afetividade serão requisitos obrigatórios.

O mercado de trabalho exige cada vez mais e para aumentar a produtividade dentro das empresas as equipes precisam ser multidisciplinares.

O principal ponto na formação de qualquer profissional é ter uma visão ampla dos negócios das empresas para se destacar em sua área.

Confira algumas habilidades que serão cada vez mais exigidas dos profissionais*:

1. Gestão e liderança

Uma das principais habilidades requisitadas por agências e departamentos de comunicação das empresas. Inclui conhecer não apenas gestão empresarial, mas também gestão financeira, de pessoas, processos e projetos, entre outras ramificações gerenciais.

2. Planejamento estratégico

Parece básico mas traçar planos é uma das habilidades mais importantes para quem trabalha com comunicação de empresas. O planejamento estratégico envolve não apenas definir metas, mas detalhar como esses objetivos serão alcançados, qual a estimativa de custo do projeto, o tamanho da equipe que vai realizá-lo e as mídias que farão parte da ação de comunicação, entre outros fatores.

3. Formação ampla

O conhecimento de diferentes áreas, não apenas em comunicação empresarial, incrementa a bagagem do profissional. O ideal é que a formação seja multidisciplinar e ajude a enxergar os processos comunicacionais de maneira integrada.

4. Visão holística e sistêmica

Manter-se atualizado é fundamental mas já não basta. Para se diferenciar no mercado, o profissional deve ter visão holística e sistêmica, ou seja, saber sobre relações humanas, sociais e entender as transformações pelas quais o mundo e o país vêm passando.

5. Comunicação afetiva

Independentemente da formação, quem trabalha com comunicação para empresas precisa conhecer e entender o perfil do seu público. Tal competência envolve a habilidade de conversa com os diferentes públicos – dos funcionários, passando pelos investidores, até chegar ao consumidor final. Cada público exigirá um diálogo diferente, misturando experiências que despertem bons sentimentos e grave memórias.

6. Inovação e criatividade

Ficar preso às velhas técnicas ou ferramentas pode tornar o profissional ultrapassado. Para não manter-se obsoleto em uma sociedade ágil, é preciso desenvolver a capacidade de inovação e tentar ser cada vez mais criativo. Cursos presenciais e online podem ajudar a desenvolver a habilidade.

7. Linguagens digitais

Como o público se comporta em determinada rede social? Quais são as especificidades do conteúdo para web? Questões como essas ganham mais espaço na agenda do profissional da Comunicação Corporativa. Saber transitar entre as linguagens adotadas nas diferentes mídias digitais, com conhecimento sobre ferramentas de marketing digital, por exemplo, é uma habilidade reconhecida pelo mercado.

8. Desenvolvimento pessoal e profissional

De uma coisa não dá para ter dúvida: o aperfeiçoamento constante faz toda diferença na comunicação empresarial. Essa competência está diretamente relacionada à capacidade de ser proativo, ou seja, tentar tomar as rédeas de projetos e buscar soluções para problemas, assumindo uma veia empreendedora. O espírito de “dono do negócio” pode, inclusive, apoiar o desenvolvimento da própria carreira.

9. Idiomas e culturas

Dominar mais de um idioma e conhecer diferentes culturas também deve estar no radar do profissional. Quem trabalha no departamento de comunicação de uma multinacional ou atende, nas agências, a uma empresa com negócios globais precisa ter noção de questões culturais, sociais, políticas e econômicas que envolvem os países nos quais a companhia está presente.

10. Trabalho em equipe e empatia

Compreender o outro e constituir boas relações, tanto na condição de líder quanto de liderado, ajuda no desenvolvimento dos projetos. E quando o assunto é comunicação, o indivíduo não fala sozinho. Por isso, a empatia é fundamental e a velha máxima se torna ainda mais verdadeira: a união faz a força.

Quer aprender um pouco mais sobre o tema? Inscreva-se no curso de extensão Comunicação Interna e Endomarketing, que eu ministrarei na Unigranrio, no Rio de Janeiro. Para mais informações clique aqui.

*Dicas adaptadas de artigo divulgado pela Aberje (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial).

Anúncios