Há alguns meses atrás eu li uma reportagem no jornal The New York Times sobre esse estilo de vida que permite independência financeira, reconstrução de paradigmas sociais e até a quebra de padrões que crescemos acreditando ser a única forma de viver e trabalhar.

Se você gosta de viajar para conhecer novas culturas, de ter flexibilidade de horários, de trabalhar de qualquer lugar do mundo e ainda ganhar dinheiro, essa pode ser uma alternativa para fugir do estresse e do emprego tradicional.

Pesquisando sobre o tema concluí que a principal vantagem é a liberdade. Quem não quer ter qualidade de vida fazendo o que gosta enquanto trabalha com um negócio digital e se diverte?

Só que tudo tem dois lados: as vantagens e desvantagens. Quem quer ficar perto da família ou tem filhos e se preocupa com a educação e estabilidade dos pequenos, por exemplo, precisa pesar as decisões. Viver na estrada também oferece riscos – como tudo na vida – e imprevistos. É preciso estar preparado para sair da Zona de Conforto e se adaptar às constantes mudanças e diversidades sócio-culturais.

Eu ouvi esse termo pela primeira vez há alguns anos atrás, quando ele começou a se tornar conhecido. Esse estilo de vida começou a ser adotado por muita gente, pois, com a ajuda da Internet, é possível trabalhar, fazer reuniões e compartilhar informações de qualquer lugar do mundo em tempo real.

Engana-se quem pensa que até para ser um nômade digital não é necessário organização e disciplina. Para conseguir se adaptar à rotina das viagens, é preciso ter horários estabelecidos para se divertir e para trabalhar, já que a fonte de renda está ligada diretamente à produtividade e à qualidade do trabalho produzido.

Diversos estabelecimentos estão enxergando como uma oportunidade atender esse público. São hotéis, hostels, restaurantes, espaços para Camping e até espaços de coworking que alugam espaços alternativos – e cobram por hora pela utilização de serviços como computador, Internet e banheiro – para suprir as necessidades desses profissionais que, muitas vezes, precisam apenas de um espaço para trabalhar algumas horas ou descansar antes de continuar a viagem.

Eu acompanho os sites Nômades Digitais, Mundo Nômades DigitaisNomadismo Digital Portugal, que oferecem conteúdo sobre o tema e até cursos sobre esse estilo de vida.

Será que essa é uma das profissões que prevalecerá no futuro?

Anúncios